Governo do Rio de Janeiro
 

Detran-RJ

 
 
 
 
 

OPERAÇÃO LEI SECA

COLABORE.

Com a importante missão de diminuir estatísticas preocupantes e alertar a população sobre todos os riscos da combinação do álcool com a direção e a união de três órgãos - DETRAN, Secretaria de Governo e Polícia Militar - esta Política Pública permanente do Governo do Estado do Rio de Janeiro tem mobilizado diariamente centenas de motoristas na Capital, Região Metropolitana e Baixada Fluminense, e este ano está comemorando 05 anos de atividade.

Desde 19 de março de 2009, a Operação Lei Seca já salvou milhares de vidas.

Em pouco tempo, o Rio de Janeiro virou referência nacional em redução dos altos índices de mortes e acidentes de trânsito, preservando vidas, e educando e conscientizando cidadãos sobre responsabilidade e segurança no trânsito.

A abordagem feita na blitz da Lei Seca, chamada “Abordagem Cidadã”, é estruturada em dois pilares: fiscalização e educação. Com caráter não apenas punitivo, mas principalmente educativo, os funcionários públicos envolvidos na abordagem não só são responsáveis pelos procedimentos, como também transmitem conhecimentos da legislação ao condutor.

O número de abordagens da Lei Seca só vem aumentando durante os anos, mas apesar desse aumento, a proporção de motoristas que estão sendo multados por embriaguez vem diminuindo. Das 363,4 mil pessoas abordadas nas operações de blitz em 2013, 22,4 mil sofreram sanções administrativas em decorrência da Lei Seca – o que representa 6,2% do total. Já em 2012, o percentual foi de 9,3%: 32,7 mil autuações entre 351,4 mil motoristas.

Esses dados refletem que os motoristas começaram a repensar seus costumes. Seja você também um colaborador da Operação Lei Seca. Deixe o carro em casa quando sair para beber e preserve vidas.

Lembre-se: Quem for flagrado sob efeito de álcool (com até 0,29 mg de álcool por litro de ar expelido) é enquadrado no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB): comete infração gravíssima (7 pontos na CNH), com penalidade de multa (R$ 1.915,40) e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses. O veículo ainda fica retido até a apresentação de outro condutor habilitado e em condições de dirigir. Em caso de reincidência em menos de 12 (doze) meses, o valor da multa é dobrado, ou seja, de R$ 3.830,80.

A decisão de nunca dirigir depois de beber vai além do dever dos bons cidadãos. É uma atitude de amor à vida. O Estado vem fazendo a parte dele. Faça a sua e salve vidas!
 


 

 
 
 

 

 

DETRAN.RJ

Horário: de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Telefones: 3460-4040 / 3460-4041 para agendamentos e serviços, e 0800-0204042 / 3460-4042 para atendimento do SAC

(Serviço de Atendimento ao Consumidor), de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Avenida Presidente Vargas, 817 - Centro, Rio de Janeiro - RJ | 20.071 - 004